Guria de peso.

Archive for the ‘Aleatório’ Category

Eu queria parar de sonhar, de escrever e de enlouquecer pelas sujas ruas de Porto Alegre. Mas eu não consigo, eu não consigo nem emagrecer, e eu penso que nem preciso mesmo, mas aí vem o verão e joga calor e assaduras em teu corpo pra tu ver como é bom estar gorda e ter milhares de dobras.  A bebida, a comida e o sexo são tudo que eu preciso para me sentir viva, depois de tudo o que restou de mim, depois de tudo que eu tinha de bonito e acabei por destruir. Naquelas ruínas que queimaram sentimentos e lembranças que melodias embalam e trazem tudo ao concreto, assim como o sopro do vento tornando acessível aquilo que não queria lembrar, eu recordo de como era o amor em sua suprema inocência, como se os fatos mais horrorosos passassem apenas na televisão, mas eu vivi. Eu vivi cada cena, cada beijo cinematográfico e brigas barraqueiras que fora permitido, e quando a novela acabou eu me senti perdida, a favoritei e todas as outras que passavam eram comparadas a ela. Aquela novela que tu decora figurino, trilha sonora e se apaixona pelo personagem principal? Ain como é difícil conviver com a certeza de que não existe um próximo capítulo ” Game Over”. Mas me enganei, ela continua por aí, só mudou a personagem principal, isso varia de telespectador, alguns conseguem encontrar um personagem que substituía e continua a sua história, mantém figurino até quem sabe a trilha, e continua, outros assim como eu não sabem brincar disso, quando o enredo foi intenso e sugou todas as energias de quem vivenciou é preciso tempo, tempo para desintoxicar de todas aquelas manias e sentimentos, tempo de absorver todo o aprendizado que aquele drama te trouxe, tempo de descongelar até que alguém faça por merecer. Enquanto isso a vida segue, vida que segue, segue a vida, com ou sem novela alguma.

vaigordinha

Durante toda a minha vida eu fui 80, sem essa de medir palavras, atitudes e ataques de compulsão seja por comida, compras etc… Eu fui uma pessoa livre, não me importando com os resultados ou ligando para os limites impostos e obviamente tudo traz consequências. Confesso que perdi muita coisa ao mesmo tempo em que ganhei, isso porque me permitir aprender com todo o turbilhão de sentimentos e atitudes avassaladoras em que nunca obtive o controle. Penso que se a vida me colocasse hoje na mesma situação que tempos atrás tudo seria diferente, não tenho como voltar e ser essa outra pessoa, o que eu perdi tá perdido (embora seja difícil de aceitar), mas é preciso acordar para o hoje, ‘A VIDA É AGORA’. Agora é a hora de projetar o futuro, é preciso fazer por onde, quem sabe aceitar o retrocesso e reaprender pequenas coisas como simplesmente outras formas de curtir a vida? Temos tantas opções e nos limitamos com os mesmos hábitos, experimentar, adquirir conhecimento de outras culturas, novos amigos, o mais gratificante de tudo é atingir aquele objetivo que em todos os anos vem nos acompanhando, é fazer o que nós não nos julgamos capazes, é ver o quão grande e fortes somos, a satisfação pessoal é o sentimento mais recompensador. Acordei pra vida, mudei a minha forma de pensar, sinto dores em meu corpo por estar conhecendo músculos que eu nem sabia que existiam, estou aprendendo a ter uma qualidade de vida melhor e isso é apaixonante, é só o começo, sei que a jornada é longa, mas e aí, quem disse que ia ser fácil? Eu adoro desafios!

Há quem duvide que eu tenho um parafuso a menos, consciente disso aceito as piadinhas infames a respeito. Sou curiosa em relação a tudo nessa vida, acredito que só sei do que gosto se eu experimentar, certo? Dia desses eu fui me tatuar ( logo posto a respeito), e me deparei com essa literalmente ” joinha”  ;

micro

Logo perguntei onde este piercing poderia ser colocado, a resposta do profissional foi ” – Aonde tu quiser”! Ahhh que essa frase fervilhou minhas ideias por um bom tempo. Comecei a pesquisar a respeito, ver os lugares mais colocados e fiz esta pesquisa de imagens através do google :

micro1

micro2

Estudo Design de Moda e pensei em fazer três destes no punho, simulando o punho de uma camisa, maaas como eu não sabia nada referente a dor, cuidados e etc furei um!

Qualidade da webcam mandou um beijo!

Qualidade da webcam mandou um beijo!

Cosplay de Dalí haha.

Cosplay de Dalí haha.

Ficava assim, a coisa mais linda de Jesus, porém como sou uma pessoa muito cuidadosa soqñ, ele não durou muito tempo #todoschora!

Aplicar ele na pele doeu, mas nada muito fora do normal, doeu pois não tem como anestesiar a pele com nada tendo em vista que a jóia vai ficar por dentro da tua pele, não tem como passar pomada, e eu tive um relapso e esqueci de me dopar de paracetamol antes da perfuração ( nota a dica aí, 2 paracetamol 30 minutos antes do procedimento, ajuda um montão).

Tentei de todas as maneiras manter ele na minha pele, tirei a pedrinha e fiquei só com a parte dermal, limpava com sabonete antibacteriano e passava pomada “contractubex” ( cara que doí, é indicada para ajudar na cicatrização, ajuda a diminuir queloídes) mas não teve jeito, meu organismo rejeitou e expeliu o bonitinho. Hoje restam apenas essas duas fotos e uma cicatriz, continuei passando a pomada mas acredito que a marca vai me acompanhar e marcará mais uma insanidade.

fuenfuen

Maaaaaaaas, mesmo com essa história infeliz eu ainda pretendo fazer outro microdermal, afinal guardei a jóia, mas dessa vez vou pensar em algum lugar onde não fique tão exposto a minha mongolice. 😀

Aquele friozinho na barriga de retorno ao ano letivo, de acordar cedo e ter uma rotina, de encontrar novos fios de cabelo branco por conta do excesso de trabalhos e provas.

É o fim das horas livres para dormir, fim das festinhas dia de semana, e inicio do fim de mais um semestre, de estar cada vez mais perto de realizar um sonho e logo ter outro, perto do fim de um ciclo.

Chega de lamúrias e tempo desperdiçado em vão, acabou o tempo livre, acabou o carnaval, acabou tudo também pra você ?

 

Quase 3 meses de férias, muita coisa aconteceu, eu consegui ficar bastante tempo ao lado da minha família, dormi bastante, voltei a fazer festas incríveis com meus amigos, conheci pessoas bacanas, mas é hora de voltar a realidade e estou ansiosa!

 

Acho que a gente não fala a mesma língua!  Eu falo uma coisa e outra é entendida, é tão complicado assim? Basta juntar atitudes, palavras, olhares e fim. Ou inicio, depende de quem você é.

O carnaval está aí e eu acabei de perder a minha armadura. Logo eu que queria usar ela durante todo o ano, sempre acabo me contradizendo pq logo agora seria diferente?

Então é carnaval?

Eu aqui, sem vontade de coisa alguma, com o celular na mão esperando as horas voarem.

 

 

 

Preciso dividir com vocês a alegria de voltar a estudar, o quão bom é ter a certeza de que estamos no caminho certo. Por muito tempo me martirizava por ainda não ter encontrado uma profissão que me desse prazer de acordar cedo e ir enfrentar a carga horária.  Na realidade eu já havia sentido aquele tesão na moda, mas o retorno é lento, ficava me apegando e pensando no dinheiro, até que entre um gole e outro a verdade foi dita na minha cara, enfim tive o empurrão que faltava pra eu criar coragem e me inscrever em todos os vestibulares de Design de Moda em Porto Alegre. Eu que terminei o ensino médio em 2005, fui suando para cada prova, passei em todas e tive que escolher entre os três.  Escolhi e hoje fiz minha matricula no SENAC, e o semestre inicia em 01/08 e eu estou contando os dias. O meu maior medo é o desenho, eu sempre fui péssima e andei pesquisando sobre os tais croquis e claro que quero minhas modelos bem grandes, então encontrei no blog da Natalie Perkins (post de ontem) :

E por último, Lady Gaga depois do churrasco :

Lindos!!! Super serve de inspiração na hora dos desenhos!!


Atualizações Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.